Quem diria...


De dia, viam-se pouco...
pois cada um ia pra um lugar.
Ele ia de metrô, ela de circular.
Ela, professora de educação infantil,
carregava consigo lindo ar juvenil.
Ele, decorador, passava o dia indo de lá pra cá,
agenda lotada, por onde começar?
Quando ela tinha um tempinho,
pra ele ligava, demonstrando carinho.
Um dia ela em casa chegou,
jantar preparou,
por ele esperou...
...ele não voltou.
Ele a abandonou.
Por outra, ele a trocou.
Quem diria...!




Essa é minha primeira participação
no histórias em 77 palavras.
Esse é o desafio de nº6,
em que a regra é a seguinte:
O início e o fim já escritos,
De dia, viam-se pouco....
...............
Quem diria...!

17 comentários:

  1. Uma história trágica contada em versos.
    Gostei.
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  2. Triste ,mas muito lindo!Adorei tua participação e fico feliz que tenhas te entusiasmado!! beijos,chica e lindo dia!!

    ResponderExcluir
  3. De dia viam-se pouco
    Mas o coração sempre se lembrava
    hoje, cabeça feita e estruturado
    filho meu,
    Quem diria!

    ResponderExcluir
  4. "De dia viam-se pouco,
    mas a noite, tudo acontecia.
    A menina tornava-se mulher,
    o menino, de tão apaixonado,
    continuava-me um menino, porem,
    crescido! E como os dois se amavam!"

    Me empolguei...rsrsBjinhos carinhosose de sua Tia Si! Te Amodoro!

    ResponderExcluir
  5. Bom dia,Majoli!!!

    Que bela participação!!!Acho tão difícil escrever com poucas palavras...rsrs Já deu para notar qe falo muito,né?!rsr
    *Quanto ao texto...Uma pena que acontece mesmo...infelizmente.
    Beijos minha linda amiga!!!!!Bom te ver envolvida com os projetos!!!

    ResponderExcluir
  6. a amiga sempre manda bem quando o assunto é lidar com as palavras ... gostei muito ...

    bjão

    ResponderExcluir
  7. Oi Majolinha, uma linda maneira de contar um historia triste. Muito bom, parabens pela participaçao.
    Bjks e otimo findi semana

    ResponderExcluir
  8. Certos finais não são os esperados, mas acontecem. Sua participação ficou ótima, porque traduz uma realidade, mesmo que não feliz.
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  9. Bela participação amiga, pena o final ser assim...

    Bom fim de semana.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  10. Boa noite amiga Majoli,
    parabéns por sua participação no desafio. Pena que o final foi sorumbático (esta palavra aprendi aqui no blog, rsrsrsrsrs).
    Abraços, saúde e muita paz interior.

    ResponderExcluir
  11. Uma história triste Majoli, mas bem contada.
    Paabéns e boa participação querida!

    Beijos e boa noite!

    ResponderExcluir
  12. Você soube dar cor no trágico num excelente poetar.Gostei, Majoli! Muito bom, mesmo!
    Bom final de semana.
    Obrigado pelas sus lindas palavras de carinho e incentivo deixadas em meu blog.
    Abração.

    ResponderExcluir
  13. Ainda bem que ela foi espertinha e não se prendeu... e ele dançou rs rs. beijos, querida Majoli.

    ResponderExcluir
  14. Que bela imaginação Majoli
    ou nao... rs
    muito boa a participação.E parabéns poetinha.
    Esse era uma amor de ilusão, por isso acabou-se assim ao bater de um ventinho.rs
    Um bom domingo e uma semana cheia de novidades alegres,ok?
    com muitos abraços

    ResponderExcluir
  15. Olá querida,

    Nem todas as histórias de amor têm um final feliz, é a realidade.

    Linda a sua participação!

    Doce noite e excelente domingo.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  16. Majoli,vc é demais, menina!Sempre quero participara desse desafio, mas ainda não deu certo!Parabéns pela sua poesia!Eu acho dificil e ficou maravilhosa,apesar do triste final!bjs e boa semana!

    ResponderExcluir