Vontade de Amar

 Tenho me sentido tão vazia
Numa vontade doida de amar
Cansada dessa calmaria
Que faz parte do meu caminhar

Sinto falta de um companheiro
Pra sair a noite, passear
Que seja um cavalheiro
E meu coração saiba conquistar



Que me leve pra dançar
Pra comer pipoca lá na praça

 Que me faça gargalhar
Ver que a vida ainda tem graça

Que me ligue na madrugada
Dizendo que saudade está a sentir
 Por ele me sentirei carinhada
 E feito boba ficarei a sorrir

Que na hora da tristeza
Em seu colo eu possa me aconchegar
Dando pra mim a certeza
De que com ele eu posso contar

Que me ame e respeite
Mas que também me faça suspirar
Causando-me delicioso deleite
Enlouquecendo-me na hora de amar

Que no dia seguinte me mande flores
Pra meu amanhecer perfurmar
Que deixe minha vida cheia de cores
Torne real todo esse meu sonhar

6 comentários:

  1. Daqui fico torcendo pra que tenhas esse sonha tornado realidade.Linda poesia,inspiração maravilhosa!1 beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. todo sonho um dia se torna realidade ... acredito nisto ...

    bjão

    ResponderExcluir
  3. Oi minha querida!
    Que linda poesia e assim como a Chica, também estou na torcida que apareça alguém que mereça esse amor todo por ti.
    abração com carinho

    ResponderExcluir
  4. Ele virá e tudo isso fará! Tenho a certeza.
    Beijos minha querida

    ResponderExcluir
  5. Minha linda e querida amiga!
    Bela e inspiradora sua poesia!
    Estou na torcida para que esses desejos realizem-se e que escrevas outra poesia em homenagem ao sonho concretizado...Você merece!
    Abraços e tudo de bom pra ti.

    ResponderExcluir
  6. Majoli, este título é tudo.
    Muito bom este poema.
    Um beijo grande

    ResponderExcluir