Paixão Antiga














Hoje pensei muito em você
Lembrei da primeira vez em que te vi
Da minha timidez, da minha alegria
E de cada instante que ao teu lado vivi

Hoje senti saudades de você
Me lembrei do teu sorriso, do olhar teu
Dos nossos beijos intermináveis
E do calor do corpo teu

Saudades de chamar teu nome
De sussurrar em teu ouvido
De ser tocada por você
Com aquele teu jeito atrevido

Saudades do teu cheiro
Que me fazia delirar
Dos nossos abraços
Em noites de luar

Saudades do som de tua voz
Quando você dizia que de mim gostava
De tudo que vivemos
Quando juntos a gente estava

Que pena que tudo se perdeu
E hoje já não te tenho mais
Mas quero que saibas que a paixão que contigo vivi
Pra mim foi marcante demais

42 comentários:

  1. Lindo, lindo meu bem, vê como você nos faz tanta falta.
    Com esta poesia maravilhosa, todos nós somos as gotinhas que fazemos o Oceano. E só seremos felizes todos juntos, a contribuir para o bem uns dos outros.
    Obrigado pelo seu comentário, e obrigado pelos seus lindos poemas.
    Beijo em seu coração

    ResponderExcluir
  2. Quando li seu post simplesmente me vi no ano de 1992, quando conheci uma pessoa que por muito tempo foi especial em minha vida, ela estava na garagem do predio onde morava, em frete ao lugar onde eu trabalhava, lendo um livro e sentada ao sol, inventei varios textos, criei varios dialogs pra dizer, e quando chegava lá, nao conseguia...rs..rs...enfim, depois consegui, vivemos uma historia de amor longa, que depois se desfez pela vida, e hoje ela está no Livro das paixoes antigas,,,um passado muito gostoso de se lembrar...seu post me emocionou....beijos querida, e que bom ver voce de novo aqui, e nada de recaidas...rs..rs..rs..qualquer coisa, pode contar comigo....seus rabiscos são importantes....beijos na alma e um lindo dia...

    ResponderExcluir
  3. Vim conhecer seu blog, através do carinho e preocupação manifestado por Carlos.

    O mundo de blogs tem esse carinho enorme, onde almas são elos, e nos ligam.

    Que você esteja bem, e escrevendo muito.

    Li sobre seu filho, e a saudade. Imagino.

    abraços

    ResponderExcluir
  4. Vejo que voltou em grande estilo pra alegria de nós todos.Aeeeeeeeeeê... beijos

    ResponderExcluir
  5. Estas paixões marcam para sempre nossas vidas.
    Linda poesia, onde mostras toda a sensiblidade quie tens.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, Majoli!

    Li sobre seu blog... de vc querer parar...

    Ontem um amigo querido parou com o dele... apesar de meus pedidos...

    É muito triste... Não sei explicar o vazio que fica, para nós, que gostamos de navegar por aí, ancarar nos portos amigos... tomar um chá, as vezes tequila...
    Bater um papo..


    Agora venho aqui e vejo textos e poemas tão belos...

    Como podes pensar em deixar isso sufocado dentro de sua alma...

    Aqui é seu ponto de desabafo...

    Onde soltamos nossos anjos e demônios, em forma de palavras...

    Estarei sempre por aqui...

    Siga sempre em frente...


    Beijos e carinhos!

    ResponderExcluir
  7. Sem palavras!!

    Desculpa não apareder tanto mas estou estudando e realmente sem tempo.

    Um abraço!!

    ResponderExcluir
  8. O que não podemos Majoli é nos acomodarmos com as boas lembranças e esquecermos de viver as novas expectativas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. É saudade deixa marcas inesquecíveis na gente. Lindo poema, continue sempre escrevendo, a gente se identifica sempre, se lembra e sente saudades também. bjssssssssss

    ResponderExcluir
  10. Olá Graciete que prazer te receber aqui no rabiscos.
    Fico feliz que tenhas gostados dos meus poemas, são pedacinhos de mim.
    Venha sempre, serás bem-vinda.
    Obrigada pelo carinho e beijos doces no teu coração.

    ResponderExcluir
  11. Que bom que ao me ler você se encontrou meu querido, e gostei de saber mais de ti.
    Eu já vivi mais recente esses versos, tendo tudo se acabado em 2008, mas foi bom enquanto durou.
    Pode deixar que evitarei recaídas, rsrsrs.
    Beijos no coração e linda noite pra ti.

    ResponderExcluir
  12. Que bom Paula, fico feliz que tenhas vindo e espero que volte sempre.
    Obrigada pelo carinho de seu comentário.
    E quanto ao meu filho, ele já está de novo aqui do meu ladinho, pelo menos por enquanto, ano que vem disse que vai de vez, oh Deus.

    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  13. Você tem uma grande parcela de culpa em minha volta Carlos, rsrs.
    Obrigada pelo carinho meu amigo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Marcam sim Blue e de vez em quando vem a lembrança alguns momentos que marcaram, e foi assim que aconteceu ontem e rabisquei esses versos.
    Obrigada pelo carinho em vir.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Olá Ava, seja bem-vinda aqui querida.
    Poxa, fico triste em saber que um amigo seu se afastou, mas quem sabe ele volte querida, vamos torcer por ele, não é mesmo?
    Obrigada pela força, pelo carinho e principalmente por vir.
    Beijos doces no teu coração querida.

    ResponderExcluir
  16. Mauro, não tem problema meu amigo se algo te impede de vires com mais frequência, o importante é o carinho de quando vens.
    Estude bastante.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Epa, epa, epa

    que história é essa de parar, mocinha?

    Deuxe de coisa. Quem gosta de passado é museu. Trate de abrir as janelas do seu coração, deixe o sol da esperança entrar.

    Querida amanhã será bem melhor, creia.

    Que tal irmos passear naquele barco? kkkkkkkkkkkkkk
    Olha, se eu abrir meus baús o blog cai kkkkkkkkkkk


    beijos, tô por aqui

    ResponderExcluir
  18. Com certeza Wanderley não me acomodarei, estou sim é a procura de viver de novo outras deliciosas sensações, emoções.
    Beijos meu querido, obrigada pelo carinho.

    ResponderExcluir
  19. Deixa sim Elaine, sabia que eu também vivo a viajar junto nas poesias que leio em outros blogs?
    É gostoso isso né?
    Obrigada pelo carinho da visia.
    Beijos no coração.

    ResponderExcluir
  20. Você vem e traz alegria aqui com teu jeito tão gostoso de comentar.
    Vou parar não, pelo menos não estou mais pensando nisso.

    Estou indo lá pegar carona no teu barco querida.

    Beijos e eu também estou por aqui, é só gritar help...rsrsrs

    ResponderExcluir
  21. Lendo seu poema me ponho a perguntar ... será que tudo se perde no final ?
    será que é possivel perder o que não se tem ?

    No final quando precisamos de respostas entendemos o por que os profetas sempre pregam no deserto ... sabe amiga é nestas horas que percebemos que els nunca estão aqui por perto !

    Abraço.
    Adoro seu espaço Majoli
    Obrigado por seu carinho !

    ResponderExcluir
  22. O que aconteceu acontecido está e que maravilha haver daí recordações tão intensas e até capazes de estimularem o ser a partir para a busca de novos instantes com novos acontecimentos a renovarem o viver com novas perspectivas.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  23. Bom dia minha querida amiga, tá vendo o tanto que és importante, pessoas te procurando, vindo de encontro atraves de outras, falei que esses rabiscos já fazem parte da vida de muitos...beijos carinhosos e um dia lindo pra ti...

    ResponderExcluir
  24. Luciano, também vivo a me perguntar isso, ainda não encontrei a resposta, quem sabe um dia.

    Obrigada pelo carinho e por adorar esse rabiscos tão simples.
    Receber todos vocês aqui é motivo de alegria pra mim.
    Beijos meu querido.

    ResponderExcluir
  25. Olá Cadinho, que prazer te receber aqui no rabiscos, venha sempre.
    Recordações fazem parte de nossa caminhada, contanto que não vivamos só delas, certo?
    beijos e lindo dia pra ti.

    ResponderExcluir
  26. Bom dia Everson, pois é meu amigo, tantas pessoas novas a me visitarem que estou só sorrisos do lado de cá.
    Eita mundinho dos blogs mais delicioso que é este.
    Beijos mil no teu coração.
    Lindo dia pra ti querido.

    ResponderExcluir
  27. Ah amiga,
    Saudades..
    Quando a saudade não cabe mais no peito, ele transborda pelos olhos.

    Mas temos que nos reinventar, ter esperança, acreditar.
    Estou vendo que as pessoas estão falando de parar o blog?

    Não, menina!! Seu blog é lindo!!

    Beijo no ☺♥☺

    ResponderExcluir
  28. Linda, linda caiu mais uma estrelinha do céu e veio posar no meu coração VOÇÊ.
    Sinta-se também amada por mim e que DEUS te abençôe.

    ResponderExcluir
  29. Sim Bandys, e por aqui anda transbordando por demais.

    Vou parar mais não, a tristeza já se foi.
    Beijos no teu coração.

    ResponderExcluir
  30. Deus a abençoe também minha querida.
    Fico muito feliz em tê-la como amiga.
    Beijos mil no teu coração amada.

    ResponderExcluir
  31. Trazendo flores do nosso jardim de amizade sem fim pra desejar um belissimo dia pra voce...beijos na alma...

    ResponderExcluir
  32. Brigadinha querido pelas flores.
    Beijos no coração.

    ResponderExcluir
  33. Olá Majoli
    Obrigada pelo comentário que deixou lá no meu blog,
    A Ava tem rezão com poesias como estas não pode desistir.

    Se me permitir vou levar Rabiscos da Alma pa puder voltar Com mais calma

    um beijo

    ResponderExcluir
  34. Gostie de visitar o teu blog.
    Lindo este poema.
    Voltarei.

    ResponderExcluir
  35. Olá José, permito sim, fique a vontade.
    Obrigada pelo carinho, beijos no coração.

    ResponderExcluir
  36. Seja bem-vinda Mariana e obrigada pelo carinho deixado em suas palavras e volte sempre que quiser, ficarei feliz.
    Beijos no coração.

    ResponderExcluir
  37. Paixão antiga é tão bom!... Não só de relembrar, mas as vezes, também de reviver...Isto já aconteceu comigo ! Bjs querida, aqui os sentimentos fluem, à flor da pele...

    ResponderExcluir
  38. Eita, espero que tenha matado um cadinho da saudade Maurizio e volte sempre.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  39. Nem diga querida Sonia, falou tudo nesse seu comentário...é assim mesmo que anda acontecendo comigo.

    Beijos no coração amiga.

    ResponderExcluir
  40. Bom, tá fechado lá eu vou comentar aqui, o Ilusão é basicamente tudo que a gente vive e espera do amor, apostamos nele todas as nossas pedrinhas de ouro, nos envolvemos, e é assim mesmo, passamos a escrever só pra ele, acreditar nele, e daí ele torna se furacão que tudo destroi, tira tudo do lugar e vai embora, e a gente fica a perguntar por que? pra que? como um perfume do bom, é pouco e é gostoso...beijos querida,,,espero que esteja tudo bem contigo..fique com Deus num lindo final de semana....

    ResponderExcluir
  41. Everson, que bom que você me mostrou a falha na aceitação de comentários em meu último post, tive que republicar até, pois não foi opção minha, pretendo nunca mais fazer isso.

    Bem, quanto a ilusão, eita coisa difícil que é passar por isso, mas vamos caminhando.
    Eu estou bem sim, essa poesia rabisquei quando estava a ponto de desistir de postar mais e resolvi colocá-la aqui.
    Beijos doces no teu coração meu querido.

    ResponderExcluir