Cadê Maria?


Ando meio abismada
Com algo que a acontecer está
Já em várias madrugadas
O céu fico a observar

Com dor no pescoço eu fico
Mas de procurar não desisto
Uma das três Marias, com afinco
Em noites estreladas, insisto

Já sai no meio da rua
Rodei a cabeça até ficar tonta
Mas a visão continua
Isso muito me desaponta

Vejo um vago no meio
Onde a terceira Maria deveria estar
O céu de estrelas tão cheio
E essa Maria onde foi morar?

Vejo o cruzeiro do sul
Às vezes uma estrela cadente
Caindo do lindo céu azul
Algo de muito envolvente

Por um segundo me distraio
E lá faço eu um pedido
Veloz como um raio
Querendo que seja atendido

E mais uma vez lá estou eu
Olhando os detalhes do céu
Não creio que Maria se perdeu
Deve estar encoberta por um véu

Acho que vou comprar uma luneta
Pois preciso encontrar Maria
Ou quem sabe desenhá-la com caneta
Pra acabar de vez essa agonia

Se por um acaso você
Encontrar Maria por aí
Diga pra ela aparecer
E nunca mais sumir

Pois sem a presença sua
A magia se desfaz
Minh'alma se amua
Meu coração fica sem paz


(Apesar de parecer loucura,
Faço isso com frequência
É meu jeito de menina pura
Viver nessa insistência

Sou sonhadora, não nego
Isso faz parte de mim
Esse desejo em mim carrego
Quero ver Maria enfim)

18 comentários:

  1. Me encanto cada vez que venho aqui poetisa.

    Bom fim de semana amiga.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo!!Hoje à noite vou procurar a Maria. Linda inspiração!!Só tu mesmo,rs Adorei!! Agora fiquei encucada onde essa danada foi parar...Ontem era 6ª feria, quem sabe foi badalar,sr beijos,chica e lindo fds!

    ResponderExcluir
  3. Não deixe q as Marias te aflijam nem q elas lhe causem dor e insônia ... elas são travessas e com certeza estão por aí com algum João ou José se atracando às escondidas ...

    desculpe a brincadeira mas é para te aquietar a alma ...

    bjão

    ResponderExcluir
  4. Un felice fine settimana a Te...ciao

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto , eu sempre tive fascinação pela três marias
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Fantástico paralelo entre as "Marias" celestes, divinas e as terrenas.
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  7. Ai Majoli!Muito linda poesia!Maria deve estar perdida atrás da poluição,coitada!Bjs e bom sábado pra vc!

    ResponderExcluir
  8. Minha querida

    Muito lindo e inspirado o teu poema, como sempre.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  9. Oi Majo!
    Genuíno seu sentimento, são três Marias e não duas, se uma se perde é realmente triste. Mas felizmente quem procura acha e quem insiste alcança. Seus sonhos serão realizados e você os verá claros como as estrelas em noite de lua cheia.
    Viemos neste mundo para sermos felizes!!

    É sempre muito inspirador ler seus textos poéticos! Bjs querida.

    ResponderExcluir
  10. Majoli que poema lindo, que um destes dia a Maria volte a surgir ainda mais brilhante do que antes.
    Bom domingo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  11. Majoli, de estrelas conheço pouco, nem as Globais eu sei, porém, temos algo em comum, olhar o céu, no meu caso, à noite procurando a lua, de dia o sol. Mas fica contigo uma certeza, orarei a estrela maior, mãe de Jesus, para lhe mandar as marias necessárias. Bjos.

    ResponderExcluir
  12. Querida amiga, continue olhando o céu, acredito que a Maria está brincando de esconde-esconde com você, ela já deve estar tão acostumada com sua companhia que sabe se aparecer você não mais olhará para ela.Mas não desista amiga, um dia ela se revelará para você. Beijocas no teu coração.

    ResponderExcluir
  13. Delicioso Majoli
    Amei sua poesia,fico daqui olhando o céu ,se achar te chamo logo tá?
    beijinhos e parabéns .
    És uma estrela que ilumina nossas vidas .
    um abraço de domingo

    ResponderExcluir
  14. Pois é Majoli, como encontrar Maria?! Tu fazes os sonhos de todos nós, remetendo-nos à nossa infância.Quem nunca procurou, nos céus, uma das Marias, hein poeta?! Costumava olhar os céus para encontrar as estrelas que tanto ouvia nas historinhas contadas pelos adultos. Eram a estrela d'alva, as três marias, o cruzeiro do sul e tantas outras... E hoje relembro nesta tão bem cuidada página poética algo que me faz recordar os meus tempos lindos da inocência.É um prazer ler os teus rabiscos.
    Ah, estive fora por um tempo face os "bailes" que de vez em quando a internet nos proporciona.
    Beijos para ti.

    ResponderExcluir
  15. Oi Majoli!
    Bendita seja essa Maria que nos trouxe através de ti tão bela poesia!
    Um ótimo domingão para ti.
    abração com carinho

    ResponderExcluir
  16. Minha linda, doce e terna amiga!
    Amei sua poesia repleta de emoção, carinho e beleza. Li, re-li e estou encantada com sua inspiração... Vou fazer como a Chica,hoje a noite vou procurar a Maria contigo.
    Abraços! Um domingo abençoado e feliz pra ti.

    ResponderExcluir
  17. Oi Majoli...
    Eu também não vi Maria...Será porque ontem a noite chovia??? Vou te ajudar a procurar... Linda poesia...Amei.
    Nyan nyan
    Nina

    ResponderExcluir
  18. oi minha lindeza,

    que beleza de escrito,
    você se despe diante das palavras,
    e se mostra pelo avesso,
    por isso te amo tanto...

    beijinhos

    ResponderExcluir