O que não é do meu feitio

Image and video hosting by TinyPic

Não é do meu feitio
Viver a praguejar
E também eu não sorrio
Se graça eu não achar

Não é do meu feitio
Ter inveja de ninguém
Pois minha luz eu irradio
E aos céus digo amém

Não é do meu feitio
Dizer que gostei, se não
Pois se faço um elogio
Sai de dentro do coração

Não é do meu feitio
Esconder o que estou a sentir
Às vezes eu até adio
Pois acho melhor refletir

Não é do meu feitio
Piadas contar
Pois da meada perco o fio
Quem me escuta, nem risada dá

Não é do meu feitio
Salto alto usar
Tropeço até no vazio
All star eu prefiro calçar

Não é do meu feitio
Rabiscar sem inspiração
Pois fica com sabor de vazio
Se eu forço a imaginação


Sei que tem coisas mais
Que não são do meu feitio
Mas falei as principais
E agora digo "adio"

♡  ♡

Essa é minha participação
na Ciranda Interativa
"O que não é do meu feitio"
do blog Fractais da Calu.

Obrigada, Calu, pela oportunidade
e por me receber tão bem
no teu delicioso cantinho.
Beijos com carinho. 

Calu chegou e deixou versos:

Mais doçuras, que azedumes
você aqui elencou
trovas bem cantadas
à nós presenteou.

Amei querida, brigadinha.

42 comentários:

  1. Que coisa legal de ler,Majoli!! Essa idéia da Calu foi mesmo muito legal e adorei saber o que não é do teu feitio e, mesmo, sem te conhecer pessoalmente, já te imaginava assim! Adorei! beijos pra ti e Calu!

    ResponderExcluir
  2. Liiindas trovas enlaçadas num ramo de poesia, Majoli.
    Amei tua sinceridade poética.

    Mais doçuras que azedumes
    vc aqui elencou
    trovas bem cantadas
    à nós presenteou.

    Obrigada por ter vindo cirandar conosco.
    Bjinhos iluminados,
    Calu

    ResponderExcluir
  3. (bem do jeitinho que eu te imaginava)

    ficou lindo!


    beijo

    ResponderExcluir
  4. E, assim, Majoli conhecemos um pouco mais de você!
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  5. Oi Majoli
    Bom quando vamos nos encontrando ... acabei de sair da casa da Chica rs e achei lindo o feitio que ela deu a essa Ciranda Interativa .
    E agora vejo que a lindeza se espalha por aqui,derramando versos , gestos e feitios.
    Como disse lá ,pena que 'não é do meu feitio' insistir e achar que posso fazer versos_ rs nao sai nada e por isso também não participo ,mas dou a maior força rs
    Muito bom Majoli_ estamos sempre juntas e isso afina nossa sintonia .
    com afeto te abraço e agradeço sua atenção e elogios sempre carinhosos

    ResponderExcluir
  6. Majoli,muito legal sua poesia!Vc é do jeitinho que imagino!Tb não gosto de salto alto...rss...e sou ruim de contar piada tb...rss..adorei sua maneira de ser!bjs e parabéns pela participação!

    ResponderExcluir
  7. Beleza de inspiração, minha amiga! As palavras fluem em cada verso com uma precisão impressionante.
    Parabéns pela bela participação.
    Abração.

    ResponderExcluir
  8. Adorei saber mais um pouco de você minha amiga!!!
    Não é do meu feitio deixar de aqui te visitar. hehehe...
    Beeijos amada.

    ResponderExcluir
  9. Olá, querida amiga Majoli
    Realmente não é do seu feitio rabiscar sem inspiração... sempre noto isso... muito bacana!!!
    Gostei de tudo o que disse...
    Bjs de paz e bem

    ResponderExcluir
  10. Ser verdadeiro é a tua cara !
    Lindo, Majo.
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Ah, eu te imagino bem diferente então! rs
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  12. oi minha querida,

    claro que essas coisas não são do seu feitio,
    eu já podia imaginar,
    elas nem combinam com você,
    a não ser o salto alto e o contar piadas,talvez isso se aprenda...
    quem sabe?

    beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Não é do meu feitio contar piadas de loiras, mas conto... Que maldade!
    Ah, não é do meu feitio dormir tarde mas durmo, "tenho insonia, fazer o quê ?
    Eu rio da piadas, adoro!
    # Achei lindinho por demais esse poema "Não é do meu feitio" mentir e se eu não gosto eu digo logo.
    beijinhos de boa noite, amiga *

    ResponderExcluir
  14. "Brigada" Majoli,
    pela gentileza de me colocar trovando junto contigo.
    Um belo dia p/ vc.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  15. Majoli Querida( e é querida meeeesmo, tá? não é do meu feitio falar sem sentir)

    Você é do jeitinho que eu imaginei, franca, sincera, transparente. E sou como você em várias coisas, prefiro tênis à salto, não sei contar piadas e nem falar o que não estou sentindo.
    Quanto ao seu comentário, estas coisas acontecem mesmo com quem tem filho pequeno...o pior que já me aconteceu foi chegar em frente ao prédio onde minha mãe morava e ver meu filho debruçado na janela do décimo andar...e ele tinha 3 anos. Imagina como subi e como cheguei lá! Quase atirei a babá pela janela!

    Hoje a gente se lembra destas coisas e até ri, mas na época foi terrível!

    Obrigada pelo carinho lá.

    Bjsssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  16. ola querida majoli vim deixar um abraço com saudades ler voce lindo poema amei,parabens
    adoro seus rabiscos sempre muito especiais
    com carinho marlene

    ResponderExcluir
  17. Oi, Majoli
    Adorei e temos muito em comum, inclusive em relação aos sapatos, sou um desastre, sou até capaz de cair na loja enquanto experimento. Adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Sou assim também Majoli, nunca farei ou direi o que de verdade não está dentro de mim.
    Sou verdadeira, sempre serei, foi assim que aprendi cm meus queridos pais.
    Um beijo em seu coração e agradeço seu carinho e nosso cantinho.

    ResponderExcluir
  19. Olá Majoli,
    Que coisa mais linda!!!
    Estou adorando participar dessa ciranda. Cada um com seu feitio.
    Tudo de bom.

    ResponderExcluir
  20. Gostei muito da iniciativa da Calu. Uma palavra esquecida que, em versos como os seus, traduz, perfeitamente, um jeito belo de ser. Grande beijo!

    ResponderExcluir
  21. Alo querida amiga
    E vou usar algumas palavras suas
    já que não tenho geito para a escrita!

    Não é do meu feitio ficar calada, mas não sei o que tenho, que não falo muito agora.....
    Não é do meu feitio, nada dizer a quem goste tanto e tão bem escreve, por isso vim correndo dizendo que te amo e também tinha saudade de voce!
    :) Beijooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  22. Minha querida

    Como sempre os teus poemas têm magia...maravilhosamente belo.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  23. Gostei da forma como colocou o que não é do seu feitio, identifico-me com alguns dos seus ítens,principalmente esconder o que estou sentindo
    bjs.

    ResponderExcluir
  24. Fazia tempo que não ouvia a palavra "feitio" Uma palavra gostosa de falar, mas que parece que saiu de moda, pois as palavras têm um certo modismo "com certeza" por exemplo, me dá arrepios. Agora encontra-lá aqui nos seus versos, foi um imenso prazer. Hoje em qualquer oportunidade foi usar a palavra "feitio", por que é do feitio render homenagem as coisas que amo. Adorei, adorei ler seus versos.

    ResponderExcluir
  25. Majoli, eu estou c depressão.
    Gosto muito de alguns Blogs "a maioria que sigo; venho sempre te visitar "assim que der, eu volto.
    Você tem um ótimo astral e me faz bem. Adoro!
    beijos ...

    ResponderExcluir
  26. Majoli,passando para reler sua ciranda e desejar uma boa quinta pra vc!bjs,

    ResponderExcluir
  27. Oi, Majoli!
    Vim conhecer o que não é do seu feitio, brincadeira legal que a Calu está promovendo.
    Como você, também tenho algumas coisas parecidas, principalmente fazer piadas ou contá-las, sou uma negação.
    Linda a sua forma de se expressar através da poesia, adorei!
    beijos cariocas



    ResponderExcluir
  28. Oi Majoli
    Retribuindo sua visita, e já estou te seguindo. Muito boa sua participação na Ciranda, vc fez um texto/poema. Adorei! Concordo contigo, não é do meu feitio invejar as pessoas, penso que tenho tudo que Deus possa ter me dado de bom nesse mundo!
    Obrigada pelo carinho da visita.
    Bjos. Fique com Deus!
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Percebo que temos algumas coisas em comum com o que não pertence ao nosso feitio.
    Não gosto de praguejar e tampouco tenho paciência com quem o faz. Também não sei simular sorrisos. Há uma exigência muito grande para que pessoas atuem não de acordo com o que sentem, mas de acordo com o que os demais queiram que elas atuem.
    Inveja e ciúmes são sentimentos complicados também de lidar e sobre contar piadas, comigo ocorre o mesmo. rs
    Percebo que também é informal ao citar o All Star e tal como eu, não consegue elogiar algo se não for de verdade.
    O que vejo que divergimos é sobre a inspiração. Eu geralmente faço um esforço mesmo não me sentindo inspirado a escrever. Por vezes dá certo, consigo extrair algumas coisas, porém, há uns períodos, ainda bem que curtos, em que ocorre bloqueio total.
    Parabéns pela participação.


    => CLIQUE => ESCRITOS LISÉRGICOS...

    ResponderExcluir
  30. Majoli,
    Gostei muito de sua participação, admiro quem fala em em versos tão bem estruturados. Parabéns! Gr. Bjooo

    ResponderExcluir
  31. Majoli, com Chica eu despertei meu gosto pelas quadrinhas e você as faz tão bem! Ficaram uns brigadeiros! Vc conseguiu encaixar tudo. Agora fiquei com essa mania também. Era como eu queria, fazer, mas tive problemas com a Net e a minha acabou muito tonta. Beijos! Amei a sua!

    ResponderExcluir
  32. Teu feitio é lindo,minha querida!!!!!
    Que construção linda!!!
    Combinamos em muitas coisas!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  33. Oi Majoli, que delícia ler os seus versos os quais soube expressar com perfeição o que não é do seu feitio, amei! Li e reli por várias vezes, rs, porque sou assim, qdo aprecio algo gosto de ficar assimilando, refletindo, contemplando... Parabéns pela sua participação!
    Lindo dia pra vc!
    Bjsss
    Sileni
    www.viveraprendendo.com

    ResponderExcluir
  34. OI Majoli!
    Engraçado como aos poucos vamos conhecendo as pessoas e nos identificando com elas.rsss
    Sou bem assim, até de salto alto não gosto, tenho uma coleção de sapatilhas.rsss
    Também não sei contar piadas, nem rir sem achar graça, elogiar por elogiar também não.
    Gostei muito de te conhecer um pouco mais e da forma bem humorada que escreveu.
    beijinhos e um lindo fds!

    ResponderExcluir
  35. Oi Majoli,
    adorei seu cordel "não é do meu feitio".
    Também estou participando, postei somente hoje por acaso, pois pensava já nem postar.

    Encontrei parecenças de feitio por aqui:
    também não sou de praguejar;
    nem de falsidades;
    e salto alto também me dá desconforto :)
    Beijinhos.
    Rute

    ResponderExcluir
  36. Iniciar no finito desejo dos céus.Congratular com as árvores e amar a vida, pode ser sutil e terno,não por acaso, seu blog vale muito a pena seguir.Beijo de leitor que lê e segue.:-BYJOTAN.

    ResponderExcluir
  37. Majoli, que maravilha de poema, menina, parece que você estava falando de mim! :D É lindo passear pela blogosfera e ver que outros pessoas sentem como nós. Já estive aqui e adorei, virei seguidora. Um abraço, lindo domingo!

    ResponderExcluir
  38. Não é do meu feito deixar,
    de aqui comentar. rs

    Um bom domingo.

    ResponderExcluir
  39. Olá, Majoli! Vim ao sabor da ciranda e encontro os seus versos tão deliciosos!Identifico-me com algumas coisas, também não sou de elogiar à toa nem de usar salto alto.
    Linda participação!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  40. Majoli, não participei mas estou lendo e gostando muito. Tanta coisa em comum, acho que somos de uma geração onde éramos mais autênticos.
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  41. Oi Majoli querida,
    As coisas que citaram também não são do meu feitio,confesso que até gostaria de andar de salto,mas não sei me equilibrar direito e com os pés que eu tenho,que machucam com quase tudo não dá.A minha mãe sempre diz que tenho que aprender,mas fazer o quê né?!kkkkk
    Um ótimo final de semana,abração,=)

    ResponderExcluir