Feito Lua Minguada


Essa é a minha participação na
14ª Edição Suas Palavras

Escreva o que sua imaginação permitir,
mas contendo as seguintes palavras:

Fim - Passado - Namorado - Flor


Feito Lua Minguada

Em uma certa fase de meu passado
Vivi um amor lindo, indescritível
Pedro foi meu namorado, o mais amado
Pensar que haveria um fim, inconcebível

Morava ele em Angra dos Reis
Eu, em Cachoeira Paulista
De idade eu tinha vinte e seis
Sempre feliz e otimista

Nos encontrávamos sempre que possível
A distância não era problema
Um para o outro, inesquecível
Nosso amor era um lindo poema

Da semente plantada em nosso coração
Nasceu a mais encantadora flor
E dela cuidávamos com dedicação
Para que nenhum espinho, causasse dor

Mas nenhum de nós percebeu
Que a flor foi ficando abandonada
O nosso amor assim adormeceu
Tal qual madrugada de lua minguada

36 comentários:

  1. Lindo demais!! Amei querida!Bjin

    ResponderExcluir
  2. Chega uma época em que nos damos conta de que tudo o que fazemos se transformará em lembrança um dia. É a maturidade. Para alcançá-la, é preciso justamente já ter lembranças.

    Deixo um beijao

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Majoli. Que participação maravilhosa essa.
    Acho muito interessante esse projeto, mais ainda o seu talento e criatividade.
    Amores ficam na lembrança, guardados em nosso coração, esperando um dia a renovação em outros braços!
    Beijos, e excelente domingo!

    ResponderExcluir
  4. Ah!Lembranças... sempre doces, ainda que sofrida!
    Beijo da Célia.

    ResponderExcluir
  5. Majoli querida!
    Que linda participação! Parabéns!
    Abraços! Um domingo radiante pra ti.

    ResponderExcluir
  6. Lindo e triste,Majoli!Bela inspiração e participação!!!beijos praianos,chica

    ResponderExcluir
  7. Parabéns. Lindo poema.
    Triste final, infelizmente.

    Um bom domingo.

    ResponderExcluir
  8. Nós sempre acreditamos que vai ser eterno... E nunca deixamos de acreditar...

    Beijos e borboleteios...

    ResponderExcluir
  9. O seu poema é como um jardim bem florido, encanta. Bjos.

    ResponderExcluir
  10. Minha mascotinha!
    Vc é cheia de talento menina...escreves de tal forma que nos eleva dando a sensação que estamos vivendo tua história...
    Desejo um domingo fenomenal!

    ResponderExcluir
  11. Restou as lembranças... ah... essas são para sempre.

    Uma boa semana para vc amiga.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  12. Majoli,

    um poema que nos faz lembrar amor antigo...uma delicia!
    Desculpa o meu silêncio, o ano 2011 foi cheio de surpresas e trabalho.
    Obrigada por não te teres esquecido de mim.

    Abraço com muita luz

    ResponderExcluir
  13. Vc tem uma criatividade ótima pra colocar as palavras certas, num sei como consegue :)
    ficou lindo! E quando essa flor murcha é cada um pro seu lado no seu recomeço.

    beijocas na bochecha doce Majolinda do meu core!

    ResponderExcluir
  14. Olá querida sumida,

    Às vezes nos distraímos, não é verdade? Mas talvez seja porque a raiz da flor já estivesse morta.

    Mas ficam as lembranças, que são eternas.

    Parabéns por mais esta linda participação.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Olá Majoli...
    Linda Participação...Parabéns! O amor pode não ser eterno mas as lembranças sim...Amei sua criatividade...
    Ótima Semana !
    Beijos!
    San...

    ResponderExcluir
  16. Parabéns! O amor é como uma flor...se não for cuidado, murcha e morre...Obrigado pelo carinho!Você viu a chamada para a campanha coração amigo? Não gostaria de participar? Por uma internet, mais humana, generosa e mais amor entre blogs...Pegue o selo! Divulgue! Muito obrigada pelo carinho! Nunca lembre de me esquecer! Volta sempre que quiseres e/ou puderes!Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Viu?bastam palavras soltas ao vento e Majoli cria coisas incríveis, relato real ou não , rs, ficou perfeita a construção poética, Majoli é poesia! Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Olá,
    Moça, dos escritos belos,que se torna na maravilha de poesia.
    Aqui estou para te agradecer e te dar boas vindas.
    Que bom participar Seja Um Coração Amigo,espero que todos entendam e participem.Já sou sua seguidora.
    Obrigado por sua gentileza.
    Tenha uma linda semana.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  19. Muito bom_ o amor faz proezas...e o talento também_ parabéns.
    Bj

    ResponderExcluir
  20. Bom dia,Majoli!!!!

    Que linda participação querida!!!!
    Ninguém espera que o amor termine...é sempre triste, né?!!
    Beijos minha amiga!!!
    Tudo de bom!!!Tudo certo?!

    ResponderExcluir
  21. BOM DIA MÁJOLI QUE POEMA LINDO MINHA AMIGA JA COMECEI O DIA ME EMOCIONANDO PORQUE JA TIVE UM AMOR ASSIM TAMBEM NA JUVENTUDE AOS17 ANOS,JA FAZ UM LONGO TEMPO MAS NUNCA FOI ESQUECIDO,POR ISTO ME COMOVEM TANTO LINDAS HISTORIAS DE AMOR BJS COM CARINHO AGRADECIDA POR SUA GENTIL VISITA
    MARLENE

    ResponderExcluir
  22. Majô:


    Continua me amando???rs Vim aqui, li e amei o texto. Pessoas especiais sempre marcam mesmo.
    Linda semana moreco. Beijão.

    ResponderExcluir
  23. Belíssimo *-*
    DE tanto ler seus poemas sinto ate vontade de rimar!
    Que sabe uma hora no blog, um poema meu eu possa postar! :P

    Bjkas!
    Tudibom!

    ResponderExcluir
  24. ...Olá mocinha !!!

    Desejo semana abençoada e docinha pra ti!
    Bjks doce ♥ e claro: tóimmmmmmmmmm !

    ResponderExcluir
  25. Majoli,

    Gosto tanto daqui.

    Beijos minha linda.

    ResponderExcluir
  26. Majoli,poesia linda e muito comovente!Eu adorei sua participação!Infelizmente, nem tudo dura para sempre,mas foi forte enquanto durou!Bjs,

    ResponderExcluir
  27. Oi Majoli
    Um lindo amor assim fica muitas saudades e a gente nunca esquece!
    uma grandeza de poema ,invejo sua capacidade de lidar com as letrinhas e fazer delas as mais belas escritas.
    desejo que nessa momento tudo esteja bem,mande mais noticias e se alegre , voce é muito querida!
    a nossa menina majoli.
    beijinhos, tá ?
    fique bem ! me preocupo.

    ResponderExcluir
  28. Parabéns querida.Belo poema.Amei tua Lua Minguada.Linda participação.
    Seja feliz sempre.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  29. Tudo passa, até o amor que sentimos por alguém um dia passa. Linda como sempre a sua participação.

    Majoli,

    sobre o meu texto, seu caso tem um componente a mais para dificultar, a questão física ou química cerebral, seu corpo promove certas sensações incontroláveis, diferente daquela pessoa que só está lidando com uma percepção do momento, mas ainda assim acredito na sua força para se curar.

    Uma beijoca, amiga querida e forte.

    ResponderExcluir
  30. Encaixou perfeitamente bem os termos,,,e ainda ficou romantico, cheio de sentimentos e saudades...beijos de bom dia pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  31. Minha amiga linda participação. Lindissimo poema, que pena o amor não ter sido para sempre.
    Beijinhos
    MAria

    ResponderExcluir
  32. Vamos festejar os 500? Vem! Tô te esperando! Só falta você! Uma 3ªF iluminada e repleta de bênçãos! Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  33. Oi Majoli, seu comentário no meu post anterior ao de hoje você disse que havia conseguido retirar a opção "resposta" nos comentários indo nas configurações. Isso me ajudou muito, fiquei fuçando e consegui retirar do meu blog também. Então obrigada pela dica, valeu!

    Beijos

    ResponderExcluir
  34. Oi Majoli
    deixando um abraço bem carinhoso .
    Esperando dias melhores.
    beijinhos

    ResponderExcluir
  35. Menina, deixei minha participação no PSP, mas deixo aqui também.

    Era o fim....

    Era o fim . . .
    O meu tempo havia passado.
    Mas como terminar assim?
    Sem me deixar ter falado.

    Se não era o namorado ideal,
    Poderias ter me avisado.
    Apunhalar de forma brutal,
    Não mata o que foi consumado.

    Pela morte de uma flor,
    Um jardim não fica acabado.
    Pode ficar com menos cor,
    Mas continua um jardim enfeitado.

    Novas flores nascerão,
    Neste jardim que tenho no peito.
    Outras flores morrerão,
    Não eram amores-perfeitos.

    ResponderExcluir
  36. Com as palavras necessárias, contou, em versos, uma linda história de amor. O fim não tira a beleza do que já se viveu.

    Bjs.

    ResponderExcluir