Momento inesquecível


Essa é a minha participação na
27ª Edição Imagem:

• São aceitos poemas, contos, cartas ...
• A imagem é obrigatória junto ao texto.


Eu era ainda pequenininha
Quando de um amiguinho um beijo ganhei
Tão doce, na minha bochechinha
E com um sorriso tímido fiquei

O tempo passou, nos distanciamos
Cada um foi para o seu lado
Mas um belo dia nos encontramos
E o achei bem acanhado

Ja éramos adolescentes
E muita coisa tínhamos a conversar
Estávamos nos sentindo bem contentes
E o papo logo se pôs a rolar

De repente me veio à lembrança
O beijo que ele me deu
Quando ainda éramos crianças
Engraçado, disparou o coração meu

Emocionada eu me senti
Ao estar lembrando daquele momento
Mas ele percebeu em mim
E perguntou, o que tens no pensamento

Tentei do assunto desviar
Dizendo não ser nada importante
Mas ele percebeu em meu olhar
O quanto eu estava radiante

Resolvi então lhe perguntar
Se ele lembrava de nossa infância
Dos seus lábios a me beijar
Se isso pra ele teve importância

Ele de um jeito especial
Me olhou e disse que nunca esqueceu
Pra ele foi um momento sem igual
O tempo passou, mas isso sobreviveu

Assim que acabou de confessar
Sorrateiramente os olhos fechou
Não me contive, sua bochecha fui beijar
E um lindo sorriso nos seus lábios brotou

26 comentários:

  1. QUE LINDO AS COISAS MARAVILHOSAS DE NOSSA VIDA TEM SEMPRE QUE SOBREVIVER AO TEMPO!!
    LINDOS VERSOS COMO SEMPRE QUERIDA MAJOLI!
    GRANDE BEIJO!

    ResponderExcluir
  2. Boa noite, Majoli. Sensível demais. Têm coisas que não esquecemos na nossa infância e juventude, pois marcam o início de uma abertura de vida tão graciosa, momentos que mais tarde iríamos viver de uma forma mais intensa e madura.
    Aqui tem talento e e beleza, com simplicidade e realidade.
    Parabéns pela sua belíssima participação,pois fechamos os olhos, de fato, e viajamos ao passado.
    Um beijo, e boa noite.
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  3. Que lindo! Que terno!

    Esses afetos inesquecíveis da infância tão bem descrito por você. Envolvente e belo!

    Um beijo, Majoli!

    ResponderExcluir
  4. oi mascotinha,

    e tem coisa mais pura e verdadeira que o carinho e o afeto das crianças?
    inesquecíveis e descritos
    lindamente por você,
    cheio de amor,
    e com todo o coração...
    adorei...
    lembrei da minha infância!

    muxoxinhos e mais muxoxinhos

    ResponderExcluir
  5. Oi Majoli..
    Bacana mesmo este teu poema.

    Tem coisas da minha infancia que guiardo até hoje na memória, momentos unicos!!

    ResponderExcluir
  6. Uma graça! O texto nos leva a imaginação.
    Muito lindo.
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  7. Que lindo amiga, as coisa belas e inocentes da nossa infância não se apagam nunca ...são escritas do livro da vida , cujas páginas amareladas eternizam-se na nossa memória.beijos.

    ResponderExcluir
  8. Lindo e tão doce isso,Majoli! Adorei! Um lindo poema ! beijos,tudo de bom,chica ( e adorei te ver à mil, participando,sr)

    ResponderExcluir
  9. Majoli, poema lindo. Viajei no tempo. =)

    ResponderExcluir
  10. Majoli, que doçura de poesia...

    linda linda e mais linda, assim é você, viu!!!

    Um beijoka nessa bochecha de menina que você é!

    Fica com Deus e um dia de amor e paz pra ti!

    Su.

    ResponderExcluir
  11. Todo mundo tem um momento inesquecível na sua vida...nem sei se foi real tudo que vc acabou de escreve...mas vc é tão realista que fico a imaginar...
    Vc escreve com a alma de quem ama a vida...e eu adoro ter amigos assim de bem com o nosso viver.
    Aplausos minha linda por mais essas escritas que me emocionou.E por carregar na minha bagagem histórias tão parecidas como as suas...
    Bjsssssssssssss

    ResponderExcluir
  12. Estes escritos viram música.

    Maravilha!

    ResponderExcluir
  13. Poema carinhoso e tão inocente...Gostei, Majoli. Beijão!

    ResponderExcluir
  14. Olá querida,
    Que lindo! Tão terno!
    Bela participação!
    Beijos meus.

    ResponderExcluir
  15. O que é especial o tempo não apaga amiga.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  16. Linda a aua participação amiga.

    Uma boa noite para vc.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  17. Majolinda querida, que fofura de post. Fiquei aqui voando sem sair do lugar rsrs

    bjokitas mil na sua alma! ;)

    ResponderExcluir
  18. Oi amadinha, que linda historinha de amor...belissima participaçao.
    Bjs e que sua alma fique em paz.

    ResponderExcluir
  19. Muito lindo Majoli e muito terno...me fez viajar à infância e à adolescência.

    Bjsssss e muito carinho,
    Leninha

    ResponderExcluir
  20. Bom dia,Majoli!!

    Mas que linda inspiração minha querida!!!
    E que doce e terno momento!!!
    Ficou linda tua participação!!
    Beijos pra ti com carinho!!!!
    Tudo de bom!!!
    te adoro!!!

    ResponderExcluir
  21. MAJOLI minha doce amiga como são lindas e ternas certas lembranças guardadas como reliquias
    eternas em nossa mente em nosso coração as vezes me esqueço de como é bom relembrar as passagens da juventude fazem bem ,,,um abraço querida com carinho marlene

    ResponderExcluir
  22. alto astral é tudo na vida querida ... nos torna mais leves ...

    parabéns como sempre ... adorável

    ResponderExcluir
  23. Oi Majoli
    Uma participação linda ,uma carícia em nós.
    Assim me sinto, acariciada por essa lembrança tão doce em forma poética .
    parabéns Majoli,
    meu beijinho

    ResponderExcluir
  24. Que fofiss, miga.
    Tão suave e delicado como vc. Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  25. Majoli,um momento de ternura muito lindo em sua poesia!Gostei demais de sua participação!Como marcam os momentos de infancia!Eu gostava de um menino em segredo....rss...lembro até hoje uma vez que fui a casa dele( a mãe dele era tricoteira)....rss...e nossos olhos se encontraram!Foi o auge da paixonite!...rss...adorei,Majoli!Bjs,

    ResponderExcluir